SAUDADES: Um Junho sim santos e  meu Santo Padroeiro sem festa.

A nova normalidade, ao final nao  e tao normal como queremos e fingimos que seja. Este ano Lisboa não vai ter o mês mais bonito do ano né o dia de 13 mais esperado do ano. 

Bica en Santos Populares

 Está silente, está cinzenta, está magoada. Seu Santo Padroeiro (Santo Antônio) não será enfeitado e os altares ficaram em casa.

Este ano a menina e moça  não se veste de gala, não dança, ne se casa. OS bailaricos e arrais ficaram no corações dos alfacinhas, cheio de mágoa e SAUDADES.

SAUDADES do cheiro a sardinhas, este cheiro nas ruas de Lisboa e o cheiro a felicidades a festa, a ser português mesmo que não tenhas nascido nesta terra bendita e bonita. Lisboa e assim te adopta, te amamanta com a sua vida misteriosa que te faz sentir em casa e amado.

SAUDADES das ruas enfeitas e cheias de cores, o verde do manjericão também fico na terra.

Saudades dos beijos e abraços dos amigos, do reencontro feliz e dançando ao ritmo da cumbia e aos 5 minutos ao ritmo da Pimba. Aquí hora passam e ninguém quer ver o relógio o sol nos lembra que já juntamo um dia com outro.

Reencuentro que enamoran

Os noivos com as mensagem no coração e as noivas com o SIM aceito adiado. As marchas ficaran a danzar nos bairros e avenida liberdades liberta do barulho.

O senhor da janela que vende a melhor bifana de sempre deixo a carne no vino e o sorriso arrefecer. Andrea fez  o mesmo deixo arrefecer as ganhas de as comer ao som do Quim Barreiro caminho ao bailarico como menino com chupete na mão, as deixo no bilhete do avião adiado para o próximo ano e eu com ele. Ele sente o mesmo sentimento de todos os lisboeta hoje ao não ter os Santos “Saudades”

A grelha quente das sardinhas no pão ficaram a espera do pes que tem um mês de festa para festejar-lo, está sardinha do caraças é mesmo uma menina com sorte.

Mouraria Santos Populares

Os litros de cervejas fredas, o vinho verde nas canecas e a ginja servida nas melhores doses para te preparar para a ruta mais vibrante que vive quem está no mês do Junho em Lisboa.

Nossa Menina e Moça (Lisboa) hoje nao esta arrumar o bailaricos nas ruas estreitas de Alfama, para que o comboio arrase com tudo. Os andamios com os Djs trepados encima das almas dançantes ficaram ao ouvir a música na intimidade das ganhas.

O eléctrico da Bica está sozinho, ninguém entra bêbado a fingir conducir, e também não e o melhor escenario para a foto lembramça

Gosto tanto dos comboios, dançar ao ritmo do som da “CHEIRA BEM,CHEIRA A LISBOA” e dos momentos mais felizes de minha vida. Esta cançao è o himno mais bonito e bailado que faz vibrar a cidade e nós com ela.

Bailaricos na Praça da Alegria

Neste comboio todos somo felices, todos amigos, todos danzar para a vida toda.

 Na praça da alegria ficaram as bambalinas, as lembranças de minhas danças e risos. Ficaram adiadas mas não esquecidas.

A falar dos amigos, os meus estão lá a matar saudades entre eles e com certeza fazem seu santo Antonio no palacio do nosso Jaime. Um ano sem Santos e imperdoável (maldito vírus).

Gostei de ter desfrutado os últimos 6 anos os santos desde o dia 1 até o final quando somos os  mais fortes sae a danzar ali estou eu.  Hoje respondo a meus amigos porque desfrutava os Santos como (si no hubiese un mañana, como dicen los españoles) Aquí está a resposta o amanhã è incerto, o manhana não sabemos se será manhana o nunca mais.

Até O próximo ano meu Santo Antônio de sempre! Gosto tanto de escribirte.

Saudades eternas!

Share your thoughts